Lugares

“Entdecken” – uma das coisas que mais gosto em morar na Alemanha

Sábado fez um dia lindo aqui em Nuremberg. E, especialmente agora, que o inverno está indo embora, bate um ânimo na gente para aproveitar cada minuto de sol lá fora, que chega a beirar um certo desespero.

Juro: tem hora que preciso até respirar fundo, pra tentar acalmar a ansiedade que vem junto com os dias mais claros e longos e que fica gritando aqui dentro de mim: “CORRE, MENINA! VAI LOGO SE JOGAR LÁ FORA ANTES QUE O INVERNO CHEGUE E VOCÊ PERCA TODAS AS OPORTUNIDADES!!!” Aliás, ao contrário do título deste post, essa sensação de que o sol vai me deixar pra trás é uma das poucas coisas que eu não gosto quando chega a primavera. Parece até exagero, né? Mas vem morar nesses cantos do mundo pra você ver como é que é… Rs!

Bom, desabafos à parte, quero muito compartilhar um pouco sobre nosso último sábado, pois a programação foi tão prazerosa, que fiquei inspirada a escrever este texto.

Como eu disse, estava um dia lindo. Fez sol, mas o céu estava cheio de nuvens ralas, deixando a luz perfeita pra fotografar a céu aberto. Quando acordei e vi que o dia todo seria assim, já sabia pra onde o Tiago e eu iríamos mais tarde: Schloss Neunhof, um pequeno castelo situado a apenas 30 minutos de bicicleta aqui de casa.

Descobri esse local assim: semana passada, eu estava “instagramando” e vi uma foto de uma construção medieval super charmosa, postada com uma hashtag que eu sigo, #entdecke_nuernberg. “Entdecken”, em alemão, significa descobrir algo novo, desbravar o desconhecido, encontrar algo pela primeira vez. Ou seja, com a tag, as pessoas podem postar fotos daqueles cantinhos especiais que descobrem em Nuremberg. Sempre vejo muitas fotos do centro histórico e de outros lugares que já conheço muito bem, mas aquela foto especificamente me chamou muito a atenção, pois eu não fazia ideia de onde ficava aquele pequeno castelo.

Joguei o nome do local no Google e li que uma parte desse castelo abriga obras do Germanischen Nationalmuseums, um museu bem famoso da cidade. E, quando coloquei o endereço no Google Maps, para minha surpresa, vi que é super fácil de chegar lá de bicicleta: basta cortar caminho por um parque, chegar ao aeroporto, contornar a pista, e seguir pedalando mais um ou dois quilômetros em um bairro muito fofo chamado Neunhof, que hoje em dia faz parte de Nuremberg, mas que já foi um pequeno distrito da cidade.

Saímos de casa às três da tarde. Fomos seguindo o caminho indicado pelo Google e, quando estávamos no parque, vimos um balão no céu. Depois, vimos dois. Três, cinco, dez… Perdemos as contas! E percebemos que estávamos pedalando exatamente para a direção de onde os balões estavam decolando. Oba! 🙂

E, assim, sem querer, saímos de casa na hora mais perfeita do dia: era a Frankenballoncup, uma corrida de balões, realizada nesse último fim de semana, que partia do aeroporto Nuremberg! Eu nem imaginava que esse evento iria rolar por aqui… Hehe!

Acompanhados pelos pontos coloridos no céu, continuamos pedalando até Neunhof e, em poucos minutos, encontramos o destino desejado. Porém, ao chegar lá, demos de cara com o portão de acesso fechado, já que o castelo está passando por uma reforma (algo BEM comum em vários pontos de interesse na Alemanha…).

Então, dessa vez, não deu para entrar no castelo, ver as obras do museu ou passear pelo jardim. Mas tudo bem: encontramos um jeito bem legal de ver a parte de trás da construção através de um terreno com uma pequena plantação de couves-de-bruxelas. Hahaha! Aliás, era desse ângulo que a foto que vi no Instagram havia sido tirada.

Aí, com um cenário perfeito, tiramos muitas, muitas fotos! 😀

Amo esse céu com nuvens ralas e traços de aviões… 🙂
Nunca tinha visto uma plantação de couve-de-bruxelas! Hehehe!

Gente, como eu amo essa espontaneidade de encontrar pequenos tesouros escondidos… No Brasil, é claro que a gente também encontra, mas, como na Alemanha muita coisa ainda é novidade pra mim, essa sensação se multiplica.

Acho demais pegar a bicicleta, traçar um caminho novo, encher a mochila de coisas gostosas pra comer e fazer o que os alemães chamam de “entdecken”. Com certeza, um dos meus passatempos favoritos por aqui.

Espero que você tenha gostado do post. E, se leu até aqui, muito obrigada! Se quiser, pode deixar recadinhos, pois amo ler cada comentário.

Ah! Acho que vale dizer que lá no meu Instagram (@aondeeuflor) estou sempre mostrando essas pequenas descobertas minhas na Alemanha.

Um beijo!

Lissa

Anúncios

2 comentários em ““Entdecken” – uma das coisas que mais gosto em morar na Alemanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s